CONFLITOS NA FRONTEIRA COLÔMBIA-VENEZUELA

Após se autoproclamar presidente da Venezuela, Juan Guaidó tentou entrar na Venezuela com 600 toneladas de ajuda humanitária bancada pelos EUA. Em resposta, Nicolás Maduro fechou as fronteiras terrestres e marítimas por pelo menos 1 mês, declarando ilegal a entrada do comboio. Nos dias que se seguiram à tentativa frustrada de entrada, a cidade colombiana de Cúcuta, na fronteira com a Venezuela, foi palco de conflitos com tropas maduristas, e de dramas como o pai que precisou contrabandear o corpo do filho para que pudesse ser enterrado na Venezuela. Cobertura especial para o jornal português Expresso.

Cúcuta, Colômbia, 25/02/2019 - Venezuelanos se reunem sob a ponte binacional Símon Bolívar para protestar e confrontar tropas venezuelanas

  • Flickr Clean
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon